Aquicultura para todos

Sumitomo investe em produtor brasileiro de mosca-soldado

Ingredientes de ração Mudanças climáticas Startups +5 mais

A Sumitomo Corporation anunciou um investimento conjunto na Cyns, uma empresa brasileira de cultivo de mosca-soldado negra.

As larvas da mosca-soldado negra são uma fonte promissora de proteína para rações aquáticas

No entanto, a produção dos insetos precisará ser significativamente aumentada para que eles façam uma contribuição significativa ao setor de aquicultura

A Lambarin Investimentos, um escritório familiar brasileiro e empresa de gestão de patrimônio, também se juntou à rodada de financiamento inicial.

A Cyns é especializada em nutrição animal sustentável à base de insetos, tendo sido a primeira empresa a obter aprovação regulatória para produzir e comercializar ingredientes à base de mosca-soldado negra para nutrição animal no Brasil.

A empresa está localizada em Piracicaba, São Paulo, o vale de agrotecnologia mais proeminente do Brasil, e desenvolveu um sistema de criação horizontal de BSF exclusivo e competitivo em termos de custo que oferece altas taxas de bioconversão com requisitos mínimos de HVAC, aproveitando as condições naturalmente adequadas do Brasil para a criação de BSF e a grande disponibilidade de fluxos de subprodutos alimentares sustentáveis que são usados como fonte de nutrição para as larvas de BSF.

A Cyns teve origem em 2015 como um projeto incubado pela Bug Biological Agents, que foi a pioneira na criação de insetos para controle biológico de pragas na América Latina. Em 2020, recebeu seu primeiro investimento anjo da Lambarin Investimentos e, em 2022, a Cyns inaugurou o primeiro piloto industrial de BSF do Brasil a receber aprovação regulatória. Desde então, a Cyns introduziu com sucesso seus ingredientes no mercado de alimentos para animais de estimação e agora tem planos de entrar também no mercado de alimentos para animais aquáticos

"Estamos entusiasmados em apoiar o crescimento acelerado e a distribuição de ingredientes alternativos necessários para rações animais na América Latina", disse João Simões, líder do projeto de proteína de inseto da Sumitomo Corporation do Brasil, em um comunicado à imprensa.

"Garantir uma cadeia de suprimentos sustentável e, ao mesmo tempo, reduzir sua pegada de carbono é fundamental no cenário de negócios atual, e estamos orgulhosos da parceria com a Cyns para realizar esse importante trabalho", acrescentou.

"Acreditamos que temos uma tecnologia extremamente competitiva e desenvolvemos um produto de altíssima qualidade. A parceria com a Lambarim e a Sumitomo expandirá nossas operações comerciais na América e em todo o mundo e nos permitirá escalar a produção nos níveis que esse negócio exige", disse João Pisa, diretor da Cyns.

Planos de expansão

O novo investimento da Sumitomo e da Lambarin apoiará o próximo estágio de crescimento da Cyns, no qual eles planejam estabelecer uma nova instalação de criação de BSF que será capaz de produzir 1.000 toneladas de farinha de BSF por ano e alcançar novos mercados, incluindo alimentos para cães e gatos, aquicultura e gado monogástrico no Brasil e na América Latina. A empresa também está se preparando para sua rodada de investimentos da Série A, prevista para 2026, quando a empresa deverá estar pronta para expandir a capacidade de produção no Brasil e internacionalmente, começando pelos países vizinhos da América do Sul.

Nutrição à base de insetos é uma das principais características da nutrição de insetos

A nutrição baseada em insetos é vista como tendo potencial para reduzir significativamente a pegada de carbono da nutrição animal, que, juntamente com a agricultura, constitui a segunda maior fonte de emissões de gases de efeito estufa (cerca de 25% de todas as emissões).

Os ingredientes à base de insetos são conhecidos por terem uma intensidade de carbono muito menor do que a de seus equivalentes à base de plantas e animais, e seu uso pode reduzir a pegada de carbono de alimentos para animais de estimação e rações animais em mais de 60%.

Juntamente com o investimento, a Sumitomo Corporation do Brasil também assinou um acordo de parceria comercial com a Cyns, segundo o qual a Sumitomo Corporation do Brasil será responsável pelo desenvolvimento de aplicações e P&D, bem como pela comercialização dos produtos da Cyns nas Américas.

Create an account now to keep reading

It'll only take a second and we'll take you right back to what you were reading. The best part? It's free.

Already have an account? Sign in here